Fernando Carvalho de Almeida

Nasce em Pereira a 3 de Março de 1907.
 
Desce cedo que o trabalho faz parte sua vida, começando, desde muito novo, aos 8 anos, como servente de pedreiro, no Entroncamento e nas Caldas da Rainha.
 
Mas desde essa terna idade que a carpintaria lhe aguça o engano e desperta a curiosidade, e nas poucas horas vagas do do dia, começa por manejar as ferramentas de carpintaria e aventura-se na execução de pequenos objectos artesanais.
 
Foi a sua epifania.
 
Logo deixou a vida de pedreiro para se dedicar à manipulação da madeira, cuja primeira peça, digna de registo, foi uma cadeira de praia, que ofereceu à namorada de então e com quem viria a casar.
 
Mas Fernando Carvalho de Almeida era um ser insatisfeito e ingressa na PSP.Entre 1965 e 1974, trabalhou como orientador do Centro Infantil, iniciando os jovens na arte de esculpir, chegando mesmo a afirmar que “eu aprendia com os garotos e, assim, desenvolvi os meus conhecimentos”.
 
Com o apurar da técnica e a maturação que os anos conferem, cria, nos anos setenta do século passado, um estilo muito pessoal, onde a figura humana é o cerne das suas obras esculturais, ora através da imaginação ou a partir de uma qualquer motivo real.
 
O seu processo criativo levou-o a criar cerca de uma centena de peças escultórias de grande relevo artístico.