José Leite

A 8 de Agosto de 1921, nasce em Coimbra, vivendo, desde criança, na Vila de Pereira, considerando ser esta a sua terra, chegando ainda a frequentar o Colégio Militar, até entrar para o Museu Nacional Machado de Castro.

 
É o Padre e Professor Padre António Nogueira Gonçalves que influência José Leite na execução de obras em barro, com a reprodução de esculturas famosas da época medieval e renascentista, de nomes como João de Ruão, Nicolau Chanterene e Filipe Hodart, entre outros.
 
Mas seria a temática da cristandade aquela que mais o seduzia e lhe aguçava o engenho e apurava a mão para esculpir um elevado número de Cristos, que a par com a interessante série de lucernas.
 
Casas e museus, de Portugal e do estrangeiro, bem como a residência onde viveu, acolhem os seus trabalhos, sendo que pela Vila de Pereira ficaram peças escultóricas, como a Senhora do Ó, Virgens, Senhoras do Leite, Cavaleiros, Presépios, Cristos, lucernas e ainda um conjunto de outras peças mais estilizadas.
 
A sua fama de escultor haveria de ser reconhecida com uma reportagem televisiva nos idos anos 80.