Roteiro Gastronómico

Numa terra rica de excelência gastronómica, a Vila de Pereira apresenta uma enorme variedade de pratos típicos, nomeadamente Papos de Anjo, Barrigas de Freira, Raivas, Torta de Ovos, bolos secos, além dos petiscos à base queijinhos frescos e secos, requeijão, sardinha frita, entremeadas grelhadas, chouriço e negritos assados, além do “café de Xiculateira e Xás”. Símbolo máximo da gastronomia da freguesia é a imperdível Queijada de Pereira. 

Todos os anos, esta freguesia tem realizado a Festa da Queijada. Os segredos que envolvem o seu fabrico têm sido herdados através das gerações, mantendo-se ainda hoje o rigor de ingredientes e tempos de cozedura de outrora. As origens das queijadas perdem-se no tempo. 

Em 1513, a 1 de Dezembro, Pereira recebeu
foral novo dado pelo rei D. Manuel I. Neste documento aparece a referência
escrita mais antiga, que se conhece, da Queijada, sendo isentada do pagamento
da portagem: “a qual portagem se não pagará de todo o pão cozido, queijadas,
biscoitos, farellos, nem de ovos, nem de leite…”.

O Real Colégio das Ursulinas de Pereira, fundado nesta Vila em 1748, foi o ponto de partida para a expansão destes deliciosos doces. Pela qualidade do ensino ministrado, a educação de raparigas de importantes famílias de Coimbra, as suas educandas tiveram assim a ventura de tomarem conhecimento de tão invejadas receitas. Entre essas educandas, salienta-se o nome de uma nobre senhora, Srª Maria de Encarnação Couceiro Ferreira, que ao dedicar-se exclusivamente ao fabrico de doces, permitiu a transmissão para as gerações seguintes do fabrico destes doces.

As Queijadas de Pereira terão sido pintadas por Josefa d´Óbidos, famosa pintora portuguesa. 

 

Barrigas de Freira

Ingredientes:

250 grs de açúcar

125 grs de miolo de pão duro

6 gemas de ovo + metade das claras

amêndoas q.b.

Preparação:

Faz-se uma calda de açúcar em ponto de fio. Quando estiver pronta, junta-se o miolo do pão ralado ou partido em pedacinhos muito miúdos, deixando ferver bem até engrossar.Deixa-se arrefecer antes de se juntarem as gemas, bem batidas e as claras até se obter um doce de ovos espesso, sem ser em demasia. Adicionam-se as amêndoas partidas em pedacinhos e deita-se em taças. Decoram-se também com amêndoas.


 

Papos de Anjo

Ingredientes:

250 grs de açúcar

12 gemas de ovo

1 clara

Preparação:

Batem-se as gemas e a clara durante meia hora.Untam-se com manteiga pequenas formas que se enchem até ás três quartas partes da sua altura e vão cozer em banho Maria. À parte, faz-se uma calda de açúcar em ponto fraco, e quando morna, deita-se sobre os bolos desenformados.No dia seguinte faz-se nova calda, que se deita sobre os bolos, tendo cuidado de não estar quente de mais para não os desmanchar.


 

Queijadas de Pereira

Ingredientes para a massa:

150 grs. de farinha

20 grs. de manteiga

Água morna suficiente para amassar

Ingredientes para o recheio:

2 queijos em massa

6 gemas de ovo

Farinha sem fermento

200 grs. de açúcar

Preparação: 

Liga-se esta mistura muito bem.Com a massa faz-se uma bola e estende-se com o rolo. Molda-se a massa com as mãos, dando-lhe a forma das queijadas, e enchem-se com o recheio. Depois vão a cozer em fogão de lenha.


 

Torta de Ovos

Ingredientes:

300 grs. de açúcar

150 grs. de farinha

2 ovos inteiros

2 gemas

7 claras

1 limão

Preparação: 

Batem-se os ovos e as gemas com açúcar e a raspa de limão. No fim juntam-se as claras batidas em castelo alternadas com farinha.

Recheio:

250 grs. de açúcar para fazer ponto

Faz-se o açúcar em ponto e depois juntam-se as gemas.