Queijada de Pereira

A Queijada é um doce tradicional da freguesia de Pereira, concelho de Montemor-o-Velho e faz parte da memória colectiva desta comunidade desde tempos remotos.

A sua origem é ancestral, sendo já referenciada no Foral Manuelino de 1 de Dezembro de 1513. O seu modo de fabrico artesanal tem sido transmitido através das gerações, executado apenas por mulheres.

A tradição refere a sua ligação ao Real Colégio das Ursulinas de Pereira, fundado nesta vila em 1748, como ponto de partida para a sua divulgação. Também por esta época, as Queijadas de Pereira terão sido pintadas por D. Josefa d’Óbidos, famosa pintora portuguesa. Teve sempre um papel importante na economia local, através do seu fabrico e  comercialização, alargado a outros locais, no século XIX, com o comboio.Tem como ingredientes o queijo fresco produzido localmente, gemas, açúcar e farinha. Caracterizada pelos seus 7 bicos, é cozida em forno de  lenha e deve ficar bem loura para adquirir o seu sabor natural.